Mirandela - Freixedinha

Lá ao fundo, é a cidade de Mirandela, numa panorâmica que, quando o sol ajuda, é deslumbrante.
O local com estas vistas é a aldeia semi-abandonada da Freixedinha, e a curiosa estatueta em primeiro plano, bem como a casa em que se encontra, genuinamente transmontana, são obra de um homem único, o Sr. Joaquim Conde. As fotos foram-me cedidas pelo seu filho Miguel, com tanto de orgulho como de saudades, em Lisboa...
69459 bytes
Esta lindíssima casa, logo à entrada da aldeia, impossível de passar despercebida pelo contraste com quase todas as outras em ruínas, foi praticamente obra do actual proprietário, que a ela se dedicou por inteiro a partir de 1986.
40821 bytes
Esta janela nem precisa de comentários!
O Sr. Joaquim Conde tem justificado orgulho em mostrar também o interior aos visitantes.
43410 bytes
A construção das mais variadas peças, especialmente em granito e madeira, começou por ser uma "brincadeira" mas resultou numa rica colecção de artesanato e mobiliário. Este nicho na parede é um pequeno exemplo!

Fotos cedidas por Miguel Conde, filho do proprietário.